11 outubro, 2008

A Flor


Em um instante pueril
Viajo em um jardim de flores
Essas pra mim não são belas
Pois a flor mais nela daquelas
Não se encontra em meu jardim
O qual só é lindo de dia
A noite é fria e sombria
E as flores se apagam no brilho
No brilho que vem da lua
A iluminar o lindo jardim
Durante a noite vira floresta
Floresta a qual guarda mistérios
Como uma fera isolada
Vivendo na noite apagada
Fera que procura
Mas não encontra
Pois a noite luta contra
O exalar da bela flor
De tão bela encanta a fera
E continua seu sofrer
Buscando razões para viver
E vivendo de tanto chorar
Tenta esta flor encontrar
Para quem sabe um dia
Seu feitiço quebrar
E no exalar desta flor
Talvez descubra o que é amar!


Gilberto Junior

3 comentários:

Julio Melo disse...

"minha flor me deu alguem pra amar..."

flores me emocionam, porem me dexam sem sem graça....

abraço irmão

Camila Dias disse...

"e no exalar desta flor... talvez descubra o que é amar" ... achei muiiito massa! ;D

Bruna Vani disse...

perfeitooooooooooooo
te adoro Giba!!!!!
bjaummm