04 julho, 2012

Um mero sorriso



Você se importaria
se eu não soubesse o que dizer?
Se só neste momento
as palavras soassem vagas?
E então...
O silêncio viraria música
para os seus ouvidos?
E se a melodia se tornar agradável,
você irá sorrir?
Não mostre os dentes,
Não gargalhe
Apenas esboce um sorriso
E os seus olhos de tristeza,
finalmente serão vivos.
Sorria pra mim,
uma vez apenas,
duas, três...
sempre que eu precisar,
quando eu precisar de um sorriso
conceda-me tal alegria
porque outras bocas me sorriem
Mas não me animam,
nem me dão a alegria,
de um mero sorriso,
se este é vindo de ti.

3 comentários:

Priscilla A F disse...

Muito bom! ^^

Anônimo disse...

O que se pode falar de algo tão tocante como isto.Parabéns

Anônimo disse...

Muito bom! Muito bom, mesmo!!